terça-feira, 12 de agosto de 2014

XVII - Amor Obscuro

| |

Leilão da primeira dança ? Como assim ? Observo distraidamente um monte de garotas se levantando e direcionando-se ao palco, quando vejo ao meu lado Demi e Vanessa com seus sorrisos maliciosos.
– Venha, Selly. - Demi diz com a mão estendida para mim.
– Nem morta. - Digo enfática.
Ela e Vanessa trocam olhares cúmplices e viram-se para mim.
– Se não vier por bem, vai vir por mal. - Demi diz com um brilho oculto nos olhos.
Olho impassível para elas duas, que desistem da pressão e soltam um suspiro sofredor.
– Selly é por uma boa causa. E sei que todos aqui vai sair no tapa para dançar com você. Atraiu todos os olhares desde quando chegou. - Diz Demi manhosa.
– Não vou cair nesse seu poder de persuasão, Demi. - Digo e pisco com um olho.
– Aproximem-se mais belas jovens, colaborem com a nossa causa e venham até o centro da pista de dança leiloar uma dança com os rapazes. Venham! - O mestre de cerimonia pede mais uma vez.
– Não quero dançar com um estranho. - Digo curta e grossa.
– Disso você pode ficar tranquila, pois tenho certeza de que dançará com um conhecido. - Diz Vanessa, olhando pra cima, depois abaixa os olhos para mim. – Pensa na causa vai ?- Faz beicinho.
Bufo e penso por um instante. É só uma dança. E é por uma causa importante para mim. Que mal tem ?!
– Ok, vocês venceram. - Digo me levanto. Elas se olham e dá pulinhos de alegria.
Derrotada pelo poder de persuasão de duas malucas, permito-me ser praticamente arrastada até o meio da pista de dança, por elas. Logo uma enorme fila está presente no palco e eu opto por ser a ultima. Pelo menos isso. Mas como se estivesse lendo meus pensamentos, Vanessa tem a brilhante ideia de me passar o seu lugar na fila, pois quer ser a ultima. Sei que não é isso. Mas dessa vez opto por lutar por meus direitos em pleno palco. Reclamo e ela logo desiste. Graças a Deus, dessa vez ela não optou pela insistência.
– Nicholas está louco com você. Vi a hora dele partir para sua mesa e quebrar a cara do seu acompanhante. - Vanessa diz, me tirando dos meus devaneios. - A proposito, que gato ele hein, sua sortuda. - Ela me bate com o ombro no meu e eu sorrio envergonhada.
Demi só escuta e rir. Safada, está se deliciando com essa historia. Ah quem eu quero enganar, eu também estou!
– Ah meus pais ficaram encantados em conhecer a dama que atraiu todos os olhares e que perturbou meu amado irmão. - Vanessa completa com um sorriso enorme nos lábios. Demi solta uma risada baixa e eu olho para ela, que dá de ombros.
Deixamos a conversa de lado quando o mestre de cerimônias fala ao microfone novamente.
– Se aproximem senhores. Aqui se encontram as belas jovens que irão leiloar uma dança. Aqueles que quiserem ter a honra de dançar com elas por favor, venham até a frente da pista de dança e abram a carteira para começarmos. - Diz.
Vários rapazes levantam-se de suas mesas e se aproximam rapidamente do palco. Noto que entre os rapazes está o Nicholas e Joseph. O murmúrio de vozes abaixa e logo em seguida começa o leilão. Começo a prestar atenção, quando as primeiras moças foram leiloadas por preços entre 10 à 20 mil dólares. Mas me perco quando olho para frente do palco e noto que Nicholas está me fitando. Nossos olhares se encontram e sinto um calor subir pelo meu corpo diante de tempestivos olhos castanhos que prendem meu olhar com uma facilidade enorme. O que esse homem faz comigo só pelo olhar é uma loucura. Ele é tão lindo. Desço meu olhar para sua boca sinto vontade de beijá-la, até ficarem doloridos. -Esqueceu que ele está com a vadia loira, Gomez?– Meu subconsciente trata logo de me puxar para a realidade. Solto um suspiro baixo e volto a minha posição anterior. Ah Jonas, não vou cair nesse seu charme arrebatador! Minha deusa interior faz um joinha com os polegares para mim.
Saio do meu transe quando ouço o nome de Demi ser anunciado pelo mestre de cerimônias. Ela se dirige para o centro do palco e Vanessa e eu assistimos, minuciosamente.
– Agora é a vez da candidata Demetria Devonne Lovato. Quem dá o primeiro lance? - Pergunta o mestre de cerimônias.
– 10 mil dólares. - Joseph dá o primeiro lance. Olho para Demi e ela está toda derretida.
– 25 mil dólares - Diz outro rapaz e Joseph sorri...
– 30 mil dólares. - Joseph se pronuncia.
– 50 mil dólares. - Lança o outro rapaz e Joseph continua a sorri do rapaz...
Depois de ser leiloada por 80 mil dólares, Demi e Joseph saem do palco sorridentes e se dispersam entre a multidão. Vanessa é a próxima e logo é leiloada por um rapaz loiro, muito bonito por sinal, que lança 60 mil dólares. Meus Deus, quanta bobagem. Tanto dinheiro por causa de uma dança! -Pára de resmungar, Gomez.É por uma causa nobre!– Sou repreendida pelo meu subconsciente.
– E agora chegou a vez da ultima candidata, Selena Gomez. - Meu coração acelera quando ouço meu nome ser pronunciado. Ai Meu Deus!
Me direciono ao palco lentamente, ocultando o nervosismo dentro de mim.
– Vejo que a cada ano que passa, as moças ficam mais belas. - Diz o MC encantado. – Quem dará o primeiro lance? Garanto que .. - Antes que ele possa terminar de falar, Nicholas o interrompe.
– 100 mil dólares - Nicholas diz olhando-me diretamente nos olhos, se aproximando mais do palco.
– 150 mil dólares. - Diz uma voz calma.
Nós todos nos viramos para um homem alto, com seus cabelos escuros, porém com alguns fios grisalhos e olhos bem grandes em um azul brilhante, à esquerda do palco, andando em nossa direção. Ele lança um sorriso para Nicholas. Olho para Nicholas e vejo que sua expressão mudou drasticamente. Seu maxilar tenciona e ele fita o homem com um olhar glacial.
– Bem, senhores! Temos grandes jogadores na casa esta noite. - Diz o MC com excitação, enquanto se vira para Nicholas.
– 200 mil dólares. - Nicholas rebate.
O murmúrio da multidão dissipa-se e todos estão olhando para mim, Nicholas, e o Senhor Misterioso.
– 250 mil dólares. - O estranho diz tranquilamente com um sorriso nos lábios, mas seu sorriso não alcançam os olhos.
– 300 mil dólares. - Nicholas rosna. Olho para Nicholas e ele está totalmente rígido. Cristo! Aquilo ali é uma veia saltando?!
Olho rapidamente para multidão, parando meu olhos na mesa dos Jonas, que me fitam embasbacados, menos Vanessa e Demi que estão com um sorriso de orelha à orelha.
– 350 mil dólares. - Rebate o estranho, fazendo-me voltar os olhos para eles dois.
Todos os olhos estão em Nicholas. O que vai fazer? Meu coração está na minha boca. Sinto-me mal diante de tal cena. Quero sumir mas permaneço paralisada, não tenho reação mais para nada. Não posso acreditar no que estou vendo. Estou sendo leiloada feito um objeto inanimado.
– 500 mil dólares. À vista! - Nicholas diz pausadamente cada palavra. Sua voz soando alta e clara através da marquise.
– Alguém dá mais? - O MC diz. O homem misterioso levanta suas mãos em derrota e Nicholas sorri para ele com soberba. - Dou-lhe 1 .. Dou-lhe 2 .. - O MC olha para o estranho que balança a cabeça com simulado pesar e acena cavalheiresco. – Vendida! - O MC grita triunfante – Uma salva de palmas. Cavalheiro por favor venha até o centro do palco buscar a moça.
Em uma rodada ensurdecedora de aplausos e aclamações, Nicholas se adianta para tomar minha mão e me ajudar a sair do palco. Ele olha para mim com um sorriso arrogante enquanto eu faço o meu caminho para baixo, beija as costas da minha mão em um gesto cavalheiresco, então a coloca na curva de seu braço e me leva em direção a saída da marquise.
Nos dirigimos até a pista de dança, onde os convidados estão amontoados Nicholas sorri para mim, mas não o retribuo.
– Quem era ? - Pergunto, me referindo ao cavalheiro do leilão. Ele demora a entender até que sua ficha cai e fecha o cenho.
– Ninguém importante. - Ele rosna.
– Se não fosse importante, você não estaria com essa cara. - Respondo petulante. Ele me olha por um breve momento e bufa em seguida.
– Lincoln Timber. - Ele responde acidamente. Quem ? Olho-o confusa e ele logo responde minha duvida. – O ex marido da Elena. - Olho-o estática.
– Porque o marido ou ex marido de Elena iria querer dançar comigo ? - Pergunto atônita.
– Porque ele sabe o meu interesse em você. - Ele responde rapidamente.
– E ? - Faço menção para que ele continue.
– E ele me odeia porque eu comi a mulher dele! - Ele rosna. – Esquece isso, porra! - Ele diz e me olha, furioso. Abro minha boca para responder-lhe a altura, quando sou interrompida.
– E agora, senhoras e senhores, é hora da primeira dança. - O MC se pronuncia novamente, cortando meu assunto com Nicholas. – Sr. e Sra. Jonas, estão prontos - Paul acena com a cabeça em concordância, com os braços em torno de Denize. — Senhoras e senhores da Primeira Dança do Leilão, vocês estão prontos? - Acenamos todos em acordo. — Então vamos começar. - Ele diz e o DJ sobe ao palco e um melodia linda ecoa pela marquise e logo a reconheço como Give me love de Ed Sheeran. Sério que isso está acontecendo comigo ?
Nicholas sorri para mim, me pega em seus braços, puxando-me para si, desce uma mão sua pela minhas costas parando na base da minha coluna e começa a se mover. Continuo olhando-o séria. Oh, até que ele dança muito bem, tornando fácil segui-lo. Pelo menos isso.
— Eu amo essa música - Ele murmura, olhando dentro dos meus olhos.— Parece muito apropriada. — Diz, murchando seu sorriso e me olhando sério. O silencio se instala entre nós dois, enquanto dançamos. Ele bufa. – Eu não vim acompanhado dela, Selena. Ela é convidada da minha família e eu só estava conversando com ela quando você chegou. - Ele sussurra em meu ouvido.
– Ok. - Respondo friamente. Ele volta seu rosto para o meu, leva uma mão até meu rosto, acariciando-me levemente e me olha nos olhos. – Porque você não me contou mais cedo que viria para essa festa e que ela estaria aqui ? - Pergunto de supetão.
– Porque eu sabia da sua reação e sinceramente, não tenho mais saco para brigar por causa da Elena. Ela é só minha amiga. - Ele diz.
– E eu a sua submissa. Ou melhor, projeto de submissa. - Sorrio sem alegria e desvio meu olhar do dele, olhando para o nada.
– Você é mais que isso. - Ele diz tão baixinho, que acho que foi um pensamento dito em voz alta. Volto meu olhar para ele e me deparo com seu olhar entristecido.
A musica continua a nos embalar e Nicholas me puxa mais para perto, colando mais nosso corpos e começa a cantarolar em meu ouvido.
– Give me love like never before (Me dê amor como nunca antes) 'Cause lately I've been craving more (Porque ultimamente tenho desejado mais) And it's been a while but I still feel the same (E faz algum tempo mas ainda sinto o mesmo) Maybe I should let you go (Talvez eu deveria deixar você ir) You know I'll fight my corner (Você sabe que vou lutar pelo meu canto) And that tonight I'll call ya (E que talvez te ligue hoje a noite) After my blood is drowning in alcohol (Depois que meu sangue estiver se afogando em álcool) No I just wanna hold ya.. (Não, só quero te abraçar..) - Ele canta ao pé do meu ouvido, fazendo-me arrepiar. Ele volta seu rosto para mim e me olha nos olhos. Aproxima lentamente e cola nossas testas – O que eu faço com você ? - Ele fala proximo aos meus lábios, me fazendo arfar.
A musica acaba e me afasto dele. Olho a nossa volta e noto que todos estão nos fitando. Me recomponho e logo avisto Paul ao lado de Nicholas.
– Será que a senhorita mas invejada da noite, me concede uma dança ? - Ele pede, todo sorridente e me estende a mão. Nicholas da passagem para seu pai a contragosto, mas está sorrindo também.
– Oh! Mas é claro. - Pego em sua mão, retribuindo o sorriso.
Nicholas sorri para mim e se afasta para um lado da pista de dança, logo tirando Denize para dançar. Logo New Yorky, New York de Frank Sinatra começa a ecoar pela pista e Paul conduze-nos ao ritmo da musica.
– Estou contente por conhecê-la, Selena. Você está se divertindo? Espero que o velho aqui não está desagradando-a e nem pisando em seus pés. - Paul diz brincalhão, ainda com seu sorriso nos lábios.
— Estou adorando a companhia. O senhor dança perfeitamente bem. – Digo, com um sorriso nos lábios.
— Sem senhor, por favor, Selena. Ah vai dizer que o velho aqui é melhor que esses rapazotes ? - Ele pergunta com falsa indignação.
– Sem sombra de dúvida. - Digo e logo caímos na gargalhada.
– Então vamos dançar bastante hoje. Gostei da sua companhia. É agradável e não reclama dos meus passos de dança - Ele cochicha e logo ri.
– Hum, acho que a senhora Jonas não ficará nem um pouco feliz em roubar seu par. - Digo e ele sorri mais.
– Quem mandou ela reclamar dos meus pisoes ? - Ele diz com seu tom brincalhão.
Logo Can't Take My Eyes Of You de Frank Sinatra embala a pista e continua a dançar com Paul.
Ele me conduz perfeitamente no ritmo da musica e quando a musica atinge seu refrão, ele me gira pelo salão com maestria, atraindo todos os olhares para nós. Pela minha visão periférica vejo Nicholas nos observando atentamente, com um sorriso nos lábios. Ao fim da musica todos nos aplaudem. Paul olha para mim com um sorriso imenso, quando de repente Love is in the air deDavid Garrick começa a tocar.
– Ah, mais uma! - Ele diz e começamos a dançar, só que dessa vez separados.
Ele começa a com seus passinhos dos anos 80 e eu o acompanho, alegremente. Logo todos dá pista estão nos imitando.
– Viramos a atração da festa! - Ele grita, feliz.
Continuamos a dançar animadamente, até que a musica por fim acaba. Todos vibramos e batemos palmas, sorridentes.
– Será que eu poderia dançar com a convidada mais ilustre da noite ? - Uma voz pergunta atrás de Paul, chamando-nos a atenção.
– Mas é claro, meu amigo. - Paul diz, felicitando o homem atrás de si. Reconheço ele como o homem misterioso do leilão. – Mas só se ela estiver de acordo. - Ele diz e se vira para mim. – Selena, esse é meu amigo Lincoln Timber. - Diz Paul, apresentando o homem ao seu lado, que tem uma mão estendida para mim.
– Oh, sim. O Senhor misterioso do leilão. - Digo, pegando na mão de Lincoln e ambos sorri. Ele leva a minha mão até a boca e deposita um beijo terno na mesma, num gesto cavalheiresco.
– Misterioso?! - Ele pergunta, divertido. – Gostei dessa minha nova qualidade. - Ele sorri e dessa vez noto uma emoção diferente em seus olhos.
– Com licença, senhores. Vou a procura de minha querida esposa. - Paul se despede e parte em busca de Denize.
Lincoln me puxa mais para si, quando uma doce melodia ecoa e logo a reconheço como Cinderella de Steven Curtis Chapman.
Apoio uma mão minha em seu ombro, enquanto a outra ele a pega e deposita sua outra mão em minhas costas. Em seguida começa a me conduzir pelo salão no ritmo da musica, olhando-me nos olhos sem parar. Olhando agora de mais perto, noto que seus olhos são de um azul perfeitamente lindo. Ele tem algumas rugas em seu belo rosto, que deixa transparecer que foi um homem muito lindo em sua juventude e um sorriso deslumbrante. Realmente essa filha da mãe da Elena tem sorte!
Olho involuntariamente para o lado e me deparo com um Nicholas a ponto de bala. Seu maxilar está cerrado, assim como seus punhos e seus olhos.. Ah! Seus olhos não me enganam. Hoje com certeza ele me mata! -Também, está dançando com um desafeto dele, que o que ?– Diz meu subconsciente, cheio de medo. Joseph está ao seu lado, e acho que está tentando acalmá-lo de algo.
– Você realmente se tornou uma moça muito linda, Selena. - A voz de Lincoln me tira de meus devaneios, fazendo-me olhar para ele de imediato e vejo seus olhos estão lacrimejados ?! Ai meus Deus, será que pisei no pé dele ?
– Obrigada. - Digo, sem graça.
– Seu pai deve ter orgulho de você. - Ele diz distraidamente e com uma emoção pulsante em seus olhos, o que me faz estranhar.
– Sim, meu pai tem muito orgulho de mim. Assim como tenho dele. - Digo, confusa.
Seu semblante muda drasticamente, e ele me olha entristecido por um momento. O que foi que eu fiz agora ? Ai não, só falta ele também ser bipolar como o Nicholas ?! Eu mereço dois loucos em uma noite viu. -E ainda disputaram uma dança com você– Minha deusa interior cochicha e sai correndo. Ele pigarreia e toda sua posição de dançarino, me guiando pelo salão e me girando como nos contos de fada. Sorrio para ele e ele retribui meu sorriso com a mesma emoção de pouca antes. Seu sorriso é sincero e seus olhos dizem algo que não consigo captar muito bem. Não é cobiça de um homem normal e sim um sentimento mais terno. E estranhamente eu me simpatizei com ele, mesmo sendo inimigo de Nicholas.
Por fim a musica acaba e todos nos aplaudem, menos Nicholas e a vadia loira. Lincoln volta-se para mim.
– Obrigado pela dança, minha doce Selena. - Ele diz com a voz embargada, dando um beijo em minha testa, se vira e sai rapidamente da pista. O que foi isso? Que homem estranho, mas pelo menos a dança foi boa. Suspiro e saio da pista de dança a procura de um banheiro, andando até sair da marquise.
– Por favor, onde se encontra o toalete ? - Pergunto ao garçom que passa na hora.

Ele aponta para o lugar onde se encontra uma casinha e eu me direciono rapidamente para lá. Abro a porta, entro e vejo que está vazio. Ufa! Que bom. Pelo menos um tempinho para espairecer. Vou até a pia e fico me encarando no espelho. Que noite hein, Gomez! Suspiro e abaixo minha cabeça até encostar a testa no granito gelado da pia. Ouço a porta se abrir e logo o barulho de saltos ecoando pelo piso. Levanto minha cabeça, voltando meu olhar para o espelho e não posso acreditar no que vejo atrás de mim. É ela! Elena Robinson!


Gente Quero Mais Comentários... :(

Comentem
Creditos Angel

4 comentários:

  1. Puta merda. Ta tudo perdido ! :-S
    O carinha la eh o pai da selena. ! Pode postar mais. Amanha maratona

    ResponderExcluir
  2. Amei amei amei o Capitulo.
    Poste logo!!

    ResponderExcluir